domingo, 14 de setembro de 2014

Atividades para evangelizar crianças e jovens em São Tomé e Príncipe



Os missionários Thales e Luciana Montes estão em São Tomé e Príncipe para serem voz de Deus na vida de jovens e adolescentes desse pequeno país africano. Na igreja onde estão servindo, eles começaram um novo programa com os pré-adolescentes e adolescentes como estratégia para alcançar mais jovens.

“Já havia algum tempo que estávamos percebendo que as atividades com crianças não supriam os mais velhos, então marcamos todos que tinham entre 11 e 16 anos. Mesmo receosos e sem saber quem realmente apareceria, tivemos, para nossa surpresa, a presença de 28 pessoas nessa faixa etária”, conta o Pr. Thales.

“E para completar, tivemos a participação de um grupo de militares que nos apoiou com diferentes tipos de jogos e brincadeiras. Cantamos, compartilhamos a Palavra e lhes apresentamos uma grande novidade, que foi a montagem do slackline (uma corda elástica amarrada entre árvores, na qual cada criança teve a oportunidade de tentar se equilibrar. Foi muito bom ver o sorriso delas e a animação de cada uma no decorrer do dia”, acrescenta o missionário.

Segundo o Pr. Thales, a experiência desse dia especial foi tão positiva, que as crianças mal esperam pelo próximo encontro.

“Vale destacar o quão bom Deus é, pois quando Ele faz a obra, o impacto é muito maior do que podemos imaginar. A maioria dos militares que nos ajudou não é cristã, mas eles foram embora tão animados pedindo para ajudar sempre que precisarmos, repetindo algumas vezes: ‘Ganhamos o dia’. Glória a Deus por suas maravilhosas atuações em nosso meio”, diz o Pr. Thales.

Thales continua com as aulas de violão, e os alunos estão se preparando para uma apresentação na igreja, o que o missionário vê como oportunidade para falar de Cristo aos familiares dos estudantes, pois o recital será no templo.

“Poderemos assim testemunhar o que Deus tem feito através da música na vida de cada um que tem se dedicado semana após semana”, afirma.

A missionária Luciana, que é fisioterapeuta, tem cooperado com as atividades e também tem servido aos santomenses com a sua profissão.

“Deus tem renovado suas forças, mais se fazem necessárias suas orações por nossa saúde, pois muitas vezes o esforço nos leva a um esgotamento muito grante e é nessa hora que imploramos pela misericórdia do Senhor”, diz Thales.

“Agradecemos de coração a você que ora e contribui com essa obra. De fato só estamos aqui porque temos um Deus misericordioso que levanta um povo para cuidar de nós. As batalhas são grandes, mas as vitórias são certas e grandiosas”, conclui.

Por: Willy Rangel
Fonte: JMM - http://www.jmm.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=5611&Itemid=275

0 comentários:

Postar um comentário

Siga-nos

Contato rápido

Nome

E-mail *

Mensagem *

Parceiros

Tecnologia do Blogger.