domingo, 28 de setembro de 2014

Crianças são presas durante ataque a igreja chinesa


As crianças estavam entre os 100 cristãos chineses detidos após a polícia invadir uma igreja doméstica na província de Guangdong, segundo relatou o International Christian Concern (ICC)

Os membros da igreja Mount Olivet foram mantidos sob custódia por até 20 horas. Segundo a polícia, eles foram detidos por condução de uma "reunião ilegal".

A igreja de 170 membros foi fundada há 20 anos na cidade de Foshan, na província de Guangdong, sul da China.

De acordo com o ICC, o governo chinês insiste que liberdades religiosas são respeitadas, mas qualquer um que praticar a sua fé em uma igreja doméstica ainda corre o risco de ser preso.

Fonte: International Christian Concern
Portas Abertas

0 comentários:

Postar um comentário

Siga-nos

Contato rápido

Nome

E-mail *

Mensagem *

Parceiros

Tecnologia do Blogger.