quinta-feira, 30 de abril de 2015

Gigantes da tecnologia apoia sobreviventes do terremoto

Imagem UOL - Divulgação/Comitê Internacional da Cruz Vermela/Palani Mohan/Reuters

Já é comum vermos gigantes da tecnologia apoiar casos que acontecem no mundo, um dos exemplo foi do facebook que 2014 fez uma grande campanha de doação para ajudar a deter o vírus Ebola. Recentemente também aconteceu um grande tremor de 7,8 graus de magnitude no Nepal e na índia.

Apple, Google, Twitter e Facebook, criaram ações para ajudar no resgate e no apoio aos sobreviventes do terremoto que matou mais de quatro mil pessoas no Nepal, no sábado (25). Apple lançou campanha em parceria com a Cruz vermelha  americana para levantar fundos pelo iTunes: 100% do dinheiro doado será empregado em ações da ONG Nepal.
"Nossos pensamentos e orações vão para todos afetados pelo trágico terremoto no Nepal" escreveu o diretor -executivo da Apple, Tim Cook, pelo Twitter.

O Twitter também indicou campanha para levantar doações , em parceria com algumas organizações sem fins lucrativos, incluindo a Unicef.
Já o Google lançou a ferramenta Person Finder, para permitir que amigos e familiares tentem se comunicar com pessoas que estavam no país durante a tragédia, As buscas e o envio de informações podem ser feitas tanto pela internet como por SMS. O banco de dados já possui registros de 6,2 mil pessoas.

A gigante também reduziu a tarifa para chamadas para o Nepal pelo Google Voice, serviço de telefonia pela internet. O minuto, que custava US$ 0,01.
Além do alívio para vítimas, a companhia tem uma motivação própria para as ações: Dan Fredinburg, que trabalhava na divisão Project C - de programas secretos -, estava em expedição com outros três funcionários, que conseguiram escapar da tragédia.

Logo após o tremor de 7,8 graus de magnitude, o pior a atingir o país em 81 anos, Marck Zuckerberg ativou a ferramenta Safety Check, para pessoas que estejam na área possam avisar a amigos e familiares que estão bem.
"Quando desastres acontecem , as pessoas precisam saber se os seus amados estão bem", escreveu Zuckerberg.

O Nepal é um dos países mais pobres do mundo e apenas um terço da população de 30 milhões possui conexão com a internet. Além disso, com terremoto, a grande parte da infraestrutura de telecomunicações do país foi afetada, o que torna a comunicação ainda mais difícil.

Revisão: Melquezedeque
Colunista: Hatus Hezrom do Conecte Missões
Informações: Jornal Gazeta de Alagoas, 29 de abril de 2015 - Digital página a2.

0 comentários:

Postar um comentário

Siga-nos

Contato rápido

Nome

E-mail *

Mensagem *

Parceiros

Tecnologia do Blogger.