sábado, 4 de junho de 2016

Menina de 13 anos faz sucesso pregando em povoados do Camboja

Apesar da pouca idade, uma menina de 13 anos está viajando por diferentes povoados do Camboja para ensinar sobre Jesus e testemunhar a mudança que ocorreu em sua vida após conhecer a Jesus.

Até um ano atrás, Thida era uma criança infeliz. Seus pais trabalhavam durante o dia todo para lhe dar um futuro melhor. Contudo, essa ausência gerou ressentimentos e ela passou a ser uma criança muito desobediente que não tinha mais respeito pelos adultos.

Contudo, o trabalho evangelístico da organização Bolsa do Samaritano, ligada ao ministério Billy Graham, chegou até o local onde ela morava. Em princípio, Thida demonstrava pouco ou nenhum interesse em Deus e na Bíblia. Ela não participava das aulas ao ar livre que eram oferecidas pelos missionários. Por um período de 12 dias, eles ensinaram o básico a respeito da fé cristã.

Ela foi se aproximando, movida pela curiosidade sobre o que atraía as outras crianças. Na lição cinco, tudo começou a mudar. Thida já prestava mais atenção que os outros. Ao ouvir sobre Zaqueu, entendeu que ele não era um bom homem, mas quando se encontrou com Jesus, sua vida mudou.
A menina então se arrependeu dos seus pecados e se entregou a Jesus. A missionária Sithan conta que quase não podiam acreditar numa mudança tão rápida. “Ela começou a me ajudar na sala de aula e ajudar os outros alunos”, afirmou.

Thida evangelizando

A família reconheceu que a menina mudou seu comportamento em casa, passando a obedecer os pais e expressar seu amor por eles. “Eu disse à minha mãe que a amava”, afirmou Thida. “Ela chorou porque eu nunca tinha ouvido essas palavras de mim.”
Logo, Thida passou a querer testemunhar sobre o que significava ser um cristão. “Ela convida as crianças para irem à igreja”, disse sua mãe. “Mesmo em casa, passou a ensinar a todos o que tinha aprendido”, comemora.

Em pouco tempo, ela se juntou a um grupo de adolescentes que passaram a acompanhar os missionários em viagens para aldeias vizinhas. Eles vão ensinando outras crianças sobre a história de Jesus e testemunhando muitas conversões. “Minha esperança é que elas se tornem líderes fortes”, disse Sithan. “Creio que são a esperança do Camboja.”

Com pouco mais de 16 milhões de habitantes, o Camboja é uma das nações mais pobres do sul da Ásia. A imensa maioria dos habitantes são budistas. Embora não haja perseguição oficial, o governo comunista da década de 1970 expulsou os missionários e fechou igrejas.
Durante muitos anos os cristãos enfrentaram problemas para confessar livremente sua fé. São aproximadamente 100 mil evangélicos no país hoje.

 Com informações de Samaritan’s Purse
Fonte: GospelPrime

0 comentários:

Postar um comentário

Siga-nos

NOVO! Seguidores

Contato rápido

Nome

E-mail *

Mensagem *

Parceiros

Tecnologia do Blogger.