sábado, 9 de setembro de 2017

5 Países Mais Perseguidos do Mundo


 

Todos os anos as Postas Abertas divulga uma Lista Mundial da Perseguição onde mostra 50 países mais perseguidos do mundo e separamos os 5 países mais perseguidos, para que posamos orar, ajudar e interceder por esses países.

1º Coreia do norte:
Um lugar onde os direitos à liberdade de pensamento, religião, expressão e informação não são respeitados. Há anos, não há mudança para a igreja: cristãos enfrentam níveis de pressão extremos em todas as áreas da vida, combinados com alto grau de violência.

O país é o mais fechado do mundo, onde o cristianismo é visto como ocidental e hostil. Cristãos tentam esconder sua fé para evitar serem presos e enviados para campos de trabalhos forçados. É esperado que os cidadãos adorem somente a família Kim, que governa o país há quase 70 anos.

2º Somália:
2º lugar entre os países que mais perseguem cristãos. Mergulhada em uma guerra civil sem fim, fragmentação social, tribalismo e radicalismo.
o islã é a religião do Estado e qualquer propagação de outras religiões é proibida.

Tribalismo é a capacidade que alguns povos tem de ser manter unidos, sempre em equipe, são uma tribo, comandada por um chefe.

3º Afeganistão:
O Afeganistão é um país instável, marcado pelo extremismo islâmico e que não experimenta liberdade e paz há séculos.
uma nação que viola gravemente padrões de liberdade religiosa, a situação da igreja é cada vez mais difícil.

Cristãos se encontram em secreto, o que faz a igreja necessitar de instrução bíblica e líderes preparados.
Por isso não há igrejas públicas no Afeganistão.

4º Paquistão:
Islamismo 96,4%, Outros 3,6%
População: 196,7 milhões Cristãos: 3,9 milhões.
Vizinho do Afeganistão.
As reuniões aos domingos para adoração ainda são possíveis para os cristãos, mas todas as outras atividades cristãs são fortemente desaprovadas.

5º Sudão:
Sob o governo autoritário de Al-Bashir, não existe Estado de direito no Sudão. Leis restringem a imprensa e a mídia, bem como a liberdade de expressão dos cidadãos. Historicamente, o islã tem raízes profundas na sociedade sudanesa, e o governo está implementando estritamente a política de uma única religião, cultura e idioma.

Todos informações foram encontradas no portal Portas Abertas
 https://www.portasabertas.org.br/listamundial/perfil/

0 comentários:

Postar um comentário

Siga-nos

Contato rápido

Nome

E-mail *

Mensagem *

Parceiros

Tecnologia do Blogger.